quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Pintura - Ouvindo Música

Último recital de 2015. Muita música para 2016.
Técnica: Acrílica s/Tela, 2015, de Kiko Medeiros, Porto Alegre/RS/Brasil.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

sábado, 26 de dezembro de 2015

Pintura - Dança

Dança da vida, do amor e da arte. Eterno movimento da alma.
Técnica: Acrílica s/Tela, de Kiko, Porto Alegre/RS/Brasil.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Fotografia - Emoções

Muita luz e cores para formatar nossa mente, sobram emoções. Tudo pode acalentar nossa alma.
Fotografia: Tirada em outubro de 2015, em Belo Horizonte/MG/Brasil.

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Pintura - Praça Açorianos

Creio que não há pintor de Porto Alegre que não tenha retratado esta ponte da Praça dos Açorianos.
Técnica: Acrílica s/Tela, de Alberto Scherer, Porto Alegre/RS/Brasil.

domingo, 20 de dezembro de 2015

Fotografia - Magia

Às páginas da vida devo minha admiração pelas formas e cores que a natureza nos apresenta. No ímpeto de apreciar a canção dos ventos e aves sinto uma paz interior. Este é de fato meu ser, vivenciar toda esta magia.
Fotografia: Tirada em dezembro de 2015, em Capivari do Sul/RS/Brasil.

sábado, 19 de dezembro de 2015

Fotografia - Revelação

Ler a natureza é senti-la com todas as suas vibrações e cores. É a revelação do nosso próprio ser.
Fotografia: Tirada em dezembro de 2015, em Barão/RS/Brasil.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Fotografia - Simples

Simples é a vida. Quando compreendermos que a natureza nos oferece tudo, não seremos mais vilões da nossa própria existência.
Fotografia; Tirada em dezembro de 2015, em Capivari do Sul/RS/Brasil.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

domingo, 13 de dezembro de 2015

Fotografia - Tudo se Transforma

Por definição, tudo se transforma. Somos parte integrante deste fenômeno. Sempre em movimento. A sacralidade das formas e cores vibra em seu íntimo.
Fotografia: Tirada em novembro de 2015, em Barão/RS/Brasil.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Fotografia - Sentir a Rosa

Secretas são as sensações. Puras ou não, resistem ao tempo. Conjugam o verbo sentir no infinitivo. Mas, a rosa é um substantivo cuja substância é a beleza. Portanto, secreta é a rosa rosa, em que é preciso aplicar o infinitivo e o substantivo: sentir a rosa com toda sua beleza.
Fotografia: Tirada em novembro de 2015, em Arroio Canoas, Barão/RS/Brasil.

terça-feira, 1 de dezembro de 2015